fbpx

A GRANDE VIRADA DA MINHA VIDA VEIO DO LIXO

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Quem é Simone Teixeira? Como mudou sua história de sofrimento? Como o comércio de recicláveis transformou a vida dessa mulher? Como está a vida de Simone hoje? Leia aqui.

Quando pensamos em Brasil, é possível que a idéia que primeiro nos venha, seja de um gigante e verde território cheio de riquezas naturais. Porém na sequência dessas imagens românticas vêm os retratos de miséria, os problemas políticos e sociais. 

É triste, porém real que neste país com o qual Deus foi tão generoso na criação, existam tantas desigualdades, tanto sofrimento. Assim, neste doloroso contexto, milhões de crianças crescem podadas de seu direito à vida digna. 

Idosos perecem desamparados, pois as condições políticas nunca proporcionaram ao longo de suas vidas, a construção da seguridade e amparo. Famílias moram nas ruas e buscam no lixo o que comer. A informalidade cresce a cada segundo.

Além de todo este retrato de desprezo social, ajuda compor o cenário, o igual desrespeito pelo meio ambiente. Nesse sentido, queimadas, garimpos e  hidrelétricas, transformam a paisagem. Assim como o despejo de esgotos e resíduos químicos nos rios, causam a extinção de biomas essenciais para a vida na terra. 

Então, diante todas estas verdades incontestáveis, é possível traçar o diagnóstico da falta de políticas públicas. Contudo, na contramão dos gestores públicos, brasileiros e brasileiras buscam seus meios de alcançar um lugar ao sol! Enquanto lutam por si, estão transformando um todo.

Neste artigo você vai conhecer uma história fantástica de uma mulher brasileira que deu a volta por cima.  Simone driblou até a crise da pandemia e fez dos vários problemas, uma “solução generalizada”.

Quem é Simone Teixeira?

Simone Teixeira, moradora de Piracicaba, interior de São Paulo, é mais uma brasileira que foi “invisível quase a vida toda”. Sofreu todas as restrições impostas às pessoas sem sobrenomes importantes, ou de fortunas feitas. 

Também foi vítima do machismo, passou por abusos sexuais e psicológicos, ainda na infância e pré adolescência. Casou-se cedo, como tantas meninas brasileiras, para fugir de maus tratos. Também foi mãe precoce.

Simone e seus 7 filhos comemorando a vida, ainda que sofrida.

 

O roteiro da história de vida de Simone, não é diferente da maioria das mulheres nos quatro cantos deste País. Esta mulher, mãe de sete filhos, lutou com todas as forças, encarando o que veio pela vida, para sustentar seus filhos. Mesmo com garra e coragem, passou por inúmeras situações degradantes que para muitos, seriam motivos para desistir. Mas quem é mãe sabe que desistir não é opção para elas. 

Simone sempre foi à luta. Se reinventou por tantas vezes, que perdeu as contas. Mesmo com todo seu empenho, em 2019 se viu desempregada, com 4 filhos pequenos, morando de favor e recebendo ajuda de parentes. Só quem passa por isso, sabe o quanto é dolorido e destrutivo o sentimento de incapacidade, de fracasso, frustração absoluta. 

Mas ao contrário de desistir, ela juntou fé e força, e num dia muito difícil, parou para tomar uma água, desgastada da jornada em busca de emprego. Foi neste momento, por conta de uma garrafa PET que Simone teve o despertar que mudou completamente o curso da sua vida!

Como Simone mudou sua história de sofrimento?

Em mais um capítulo de angústia, Simone andou o dia todo de empresa em empresa procurando trabalho.  Cansada de tantos “nãos” em cada porta que bateu e com muita sede, foi comprar uma água. Afinal o dinheiro que tinha não dava para pagar a passagem de volta para casa.

Tomando água, ele viu muitas garrafas PET pela calçada. Foi aí que lhe ocorreu o pensamento: “será que dá para ganhar dinheiro com a venda de garrafas”? Marchou a pé para casa pensando na possibilidade de ganhar dinheiro com recicláveis. 

Ao chegar em casa, Simone correu pesquisar na internet tudo sobre comércio de recicláveis. Juntou muitas e muitas garrafas. Como não tinha carro, emprestou uma carriola do vizinho e juntou mais, juntou tudo que podia. A grande tristeza foi descobrir que seu esforço não foi recompensado de forma justa. O dinheiro que conseguiu por seus materiais estava bem abaixo do imaginado.

5 meses depois do CORE, em sua chácara com materiais recicláveis prontos para viagem.

 

“Na verdade, como eu não sabia precificar meus materiais, o preço foi firmado pelo atravessador. Mas mesmo assim, dentro de mim eu sabia que estava no caminho. Continuei pesquisando. Foi quando encontrei o professor Gleysson e o Virapuru Training Center! Este foi o grande divisor de águas na minha vida”! Afirma Simone Teixeira.

Como o comércio de recicláveis transformou a vida da Simone

Simone estava: 

  • desesperada;
  • desempregada;
  • morando de favor;
  • dos 7 filhos, os quatro menores estavam com ela;
  • foi enganada na venda de seus recicláveis. 

Perdeu dinheiro por: 

  • não conhecer o mercado, 
  • não saber precificar seus materiais 
  • não saber como negociar de forma correta
  • não saber onde vender. 

Aqui fica óbvio como informação, qualificação e conhecimento fazem diferença no setor de resíduos sólidos.

Ao encontrar o Virapuru Training Center, passou a absorver informações gratuitas contidas nas lives do professor Gleysson. Devorou vídeos, artigos e conteúdo dos nossos portais. Simultâneo ao que aprendia, Simone aplicava o conhecimento adquirido e começou a ter resultados muito diferentes da sua primeira venda. 

“Eu passei a seguir o professor Gleysson. As informações e dicas que ele dava gratuitamente, foram me conduzindo por um outro caminho. Um dia, ele anunciou o CORE –Comércio de Recicláveis. Emprestei o cartão da minha irmã, parcelei e me inscrevi no curso. 

Se com o que ele ensinava de graça eu já dei um salto no meu trabalho, com o curso eu encontrei o caminho do sucesso. Com duas vendas que fiz enquanto estudava, eu paguei o curso!” Revela Simone.

“Quando eu estava fazendo novos planos com o que aprendi com o Gleysson no curso CORE, para expandir ainda mais meus negócios, veio a pandemia! Fechamento geral! 

Eu estava com uma carga de muitas toneladas vendidas para uma indústria em São Paulo. Com lockDown, a indústria pediu pra eu segurar o envio. Pensei: pronto agora vai ser difícil, me preparei para a crise no setor.  

Mas este mercado é tão maravilhoso que eu continuei comprando e juntando, quando reabriu, foi maior a procura e valorização dos materiais recicláveis! E a crise no setor de resíduos que eu temia, não aconteceu! Ao contrário, a demanda multiplicou.”  Ressalta Simone Teixeira.

Como está a vida de Simone hoje

Simone fez o curso CORE – Comércio de Recicláveis no final do segundo semestre de 2019. Hoje, menos de dois anos depois, está rindo à toa! 

“Só tenho a agradecer! De sem teto, hoje sou dona da minha chácara! Aqui organizei toda infraestrutura para armazenar e fazer parte do processamento de alguns elementos recicláveis. Estou entre as maiores compradoras de Piracicaba e trabalho com comercialização de diversos tipos de materiais.

 

Minha vida mudou completamente depois do CORE! Mesmo com a pandemia, só tenho a agradecer. Eu era inquilina e em menos de seis meses passei a proprietária da minha chácara, fora o que invisto na compra de resíduos! Posso garantir que conhecimento é a chave que abre todas portas.

Tenho muito prazer em trabalhar com recicláveis, saber que estou ajudando o meio ambiente, os catadores e movimentando a  economia. Digo e repito com muito orgulho que superei tudo que passei na minha vida e a grande virada veio do lixo! “ Conclui Simone.

Assista esta história fantástica de superação e sucesso com todos os detalhes no vídeo abaixo. Esta entrevista foi realizada no dia 06/05/2021 no programa Cometas da Sustentabilidade no youtube. 

Conheça mais histórias de empreendimentos sustentáveis, se inscreva no nosso canal e ative o sininho.

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Deixe um comentário

Entre para nossa
lista de contatos

loading...

Mais Virapuru