fbpx

O QUE É COMÉRCIO DE RECICLÁVEIS

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
O Comércio de Recicláveis é uma atividade econômica com retorno imediato normalmente praticado por pessoas com baixa escolaridade. Oportunidades gigantescas para quem entra melhor preparado.

O que é Comércio de Recicláveis? Como se ganha dinheiro? Quem trabalha na área? Qual a diferença entre comércio de sucatas e recicláveis? Como contribui para o meio ambiente? A área onde os profissionais da Engenharia Ambiental não conseguem enxergar o que os catadores fazem. Tudo o que você sempre quis saber e ninguém soube explicar.

Qual a ligação entre as pessoas que vivem na miséria e a matéria prima de grandes indústrias? Você já parou para pensar sobre o destino das pessoas que não conseguem mais ganhar dinheiro para se alimentar? O que a sociedade faz com essas pessoas? De alguma forma a população de baixa renda sobrevive. E a verdade é que sobrevive dos resíduos descartados pela parte mais rica da população. Os chamados materiais recicláveis são na verdade produtos descartados que ainda podem ser reaproveitados de alguma forma. 

O maior consumidor de matéria prima da sociedade é a indústria. Dentro de uma sociedade capitalista, as indústrias precisam fabricar produtos cada vez mais baratos. Elas podem fazer isso através do novo design de embalagens e produtos. Mas a reintrodução de resíduos sólidos no ciclo de vida dos produtos economiza recursos naturais de forma extraordinária. As indústrias em todo mundo, compram toda e qualquer quantidade de materiais desde que estejam segregados e limpos. 

Neste contexto, o comércio de recicláveis é o coração de toda a indústria de engenharia reversa. É este comércio que paga os serviços dos catadores de recicláveis nos lixões e nas ruas. É a compra e venda de recicláveis que cria a demanda por máquinas e equipamentos. As indústrias de reciclagem processam o lixo segregado até chegar nas indústrias como matéria prima secundária. Como os recicláveis são mais baratos que a matéria prima virgem, as indústrias disputam a compra entre si. Essa disputa criou um negócio extremamente lucrativo e com retorno imediato. Quem compra recicláveis paga à vista e na entrega.

O que é Comércio de Recicláveis?

Apesar de parecer algo novo, o comércio de recicláveis é um trabalho muito praticado por milhões de pessoas no mundo. O comércio de materiais recicláveis consiste na compra e venda de resíduos separados previamente e que podem ser reaproveitados. Esse material pode ser coletado nos lixões à céu aberto e nas ruas. Para conseguir maior quantidade e qualidade alguns adotam a estratégia de coleta seletiva de grandes geradores de resíduos.

A lei do comércio é a mesma. Para gerar lucro você precisa comprar por um preço baixo e vender por um preço alto sem esquecer a lei da oferta e demanda. Porém, ao contrário do comércio comum, aqui como vender reciclagem (linguagem popular) é o mais fácil. O segredo deste mercado é garantir acesso aos fornecedores de matéria prima, os resíduos sólidos. 

Como se ganha dinheiro com compra e venda de recicláveis?

Qualquer pessoa que compreenda o que é compra e venda pode vender materiais recicláveis. Para isso, é preciso saber previamente quais os materiais podem ser comercializados. Para começar não é necessário ser formado em engenharia ambiental. Você pode fazer uma pesquisa nas sucatas para verificar alguns materiais. 

Depois de criar sua própria lista de compradores de materiais recicláveis, é hora de pensar em como conseguir esses materiais. Inicialmente a coleta nos lixões é extremamente interessante e vai sanar os problemas financeiros de muitas pessoas.

Leia também:

Mas para ganhar dinheiro com recicláveis é preciso pensar em escala. Aqui o seu tempo é o seu bem mais precioso. Enquanto a maior parte das pessoas que trabalham nessa área estão catando nos lixões ou nas ruas, não há tempo para desenvolver estratégias de venda em escala. 

Os empresários mais sucedidos da indústria de reciclagem são aqueles que compram e vendem em quantidade. São aqueles que conseguem melhorar a qualidade dos materiais com a tecnologia correta. Enquanto os catadores são escravizados pelos atravessadores, os empresários sabem como precificar e negociar seus produtos da melhor maneira. 

Quem trabalha na área?

Depois de entender como ganhar dinheiro com comércio de recicláveis, é hora de entender o efeito no meio ambiente. Por ser um negócio com retorno imediato, qualquer pessoa pode começar quando quiser. Diferente de um emprego, não existe um patrão que vai dar o comando do trabalho. É você que percebe que precisa fazer algo para mudar sua situação financeira. Você percebe que precisa de dinheiro para uma renda extra ou mesmo para sobreviver. Alguns comerciantes buscam essa área para montar um negócio sustentável. Será que a engenharia ambiental tem a resposta?

Demonstrar como o comercio de recicláveis funciona
Todos os dias, milhões de toneladas de material são comercializados no mundo inteiro. Como ganhar dinheiro com o comércio de recicláveis tornou-se uma especialidade de muitos que querem um meio ambiente melhor, além de gerar emprego na sociedade.

O retorno financeiro é imediato. Quando você tem uma certa quantidade de recicláveis, você pode vender para atravessadores que você encontra nos lixões. Também é possível vender diretamente nas sucatas, espalhadas em todo o país. O segredo de como ganhar dinheiro é saber como montar uma estratégia adequada para encontrar compradores e fornecedores. 

O trabalho inicial vai exigir um grande esforço físico. Lembrando que você não será eternamente jovem e que esse trabalho não lhe garante aposentadoria, é preciso se desenvolver para crescer. Quem não consegue entender isso, fica escravo de um ciclo vicioso. Cada vez que compra algo a mais, precisa trabalhar mais e tem menos tempo para desenvolver novas competências. O tempo passa, as forças diminuem junto com o lucro. Dessa forma a miséria abriga milhões de pessoas pelo mundo. 

De todas essas pessoas, somente os mais bem preparados vão conseguir viver seu sonho da sustentabilidade. Vão montar uma usina de reciclagem e ajudar muitas pessoas. Vão ajudar na proteção e preservação ambiental. 

Por mais incrível que pareça, não são os profissionais da engenharia ambiental que mais se destacam nessa área. Ao contrário, os empreendedores que conseguem enxergar a oportunidade e criam empregos para engenheiros.

Qual a diferença entre comércio de sucatas e recicláveis?

Apesar de oficialmente não haver diferença entre sucatas e recicláveis, é importante entender o campo de atuação de cada mercado. O comércio de sucata compreende toda compra e venda de sucatas até os sucateiros. A característica dos empresários de sucata é que trabalham com o mercado informal como maiores fornecedores. Além disso, na compra e venda de sucatas ainda não se utiliza a nomenclatura oficial dos recicláveis.

Enquanto o comércio de recicláveis compreende todo o setor comercial, o comércio de sucata é a compra e venda de materiais somente até as empresas de sucata

De outra forma, o comércio de recicláveis compreende todo o mercado. Podemos assim dizer, desde o lixão até as indústrias. Para melhor percepção do trabalho, chamamos de comércio de recicláveis àquele que vende seus produtos para as indústrias.

É muito comum chamar as empresas que trabalham no comércio de sucatas de ferro velho, sucateiros, reciclagem e vários nomes do tipo.

Leia também:

Como o comércio de recicláveis contribui para o meio ambiente?

O comércio de recicláveis evita que milhões de toneladas de lixo vão parar nos rios, oceanos, nas ruas e em todos os lugares. A demanda por processamento de materiais inaugura a criação de máquinas e equipamentos. Com isso, a engenharia ambiental tenta facilitar o trabalho, melhorar a qualidade e aumentar a escala de produção. Dessa forma o lucro dos negócios é garantido. 

Dessa forma, a compra e venda de recicláveis precisa de todas as usinas de processamento de resíduos sólidos. Usinas de Triagem, Reciclagem, Compostagem, Biogás e usinas de tratamento térmico.

Apesar da grande contribuição deste setor, ainda há muito o que se fazer. Em países como o Brasil, apenas 3% de todo o lixo produzido no Brasil é reciclado, segundo matéria publicada no Jornal Hoje. 

O mercado carece de pessoas empreendedoras, que conseguem identificar as demandas e soluções lucrativas para os problemas apresentados. 

No geral vale a regra, quando você não encontrar o emprego que procura, mas sabe que existe um problema que pode resolver, é porque você precisa criar este emprego. Você precisa tomar a decisão de se desenvolver para liderar o mercado onde quer atuar. 

Referências:

Apenas 3% de todo o lixo produzido no Brasil é reciclado – Jornal Hoje – 09/04/2015

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Deixe um comentário

Entre para nossa
lista de contatos

loading...

Mais Virapuru